sábado, 26 de agosto de 2017

CRIATIVIDADE E EMPREENDEDORISMO A FAVOR DA PESSOA FORA DE VEÍCULOS




Criatividade a favor das pessoas idosas, com deficiência(s) [com destaque a visuais], fragilizadas e até crianças precisam de roupas e proteções adequadas tais como:
·      Capacetes
·      Toucas forradas
·      Proteções contra  
o  Raios ultravioletas
o  Quedas
o  Atropelamentos
·      Etc.

ONDE EXISTEM?
PODEM SER MELHORES?
TEMOS CIENTISTAS E EMPRESÁRIOS ESTUDANDO O PEDESTRE, A PESSOA QUE DORME, QUE ATRAVESSA UMA RUA ETC.?
O QUE A ENGENHARIA, MEDICINA, DESIGNERS, FABRICANTES ETC.  PODERIAM FAZER OU APRIMORAR?

O CUSTO DOS ACIDENTES É ELEVADO ASSIM COMO A PERDA DA VIDA OU DA QUALIDADE DE VIDA.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Ônibuas rudimentar na cidade que pretende ser modelo de urbanismo

Ônibus pequenos urbano, ônibus rudimentar, escada perigosa, caixa mecânica, catraca põe em risco passageiro, acelerações e freadas ruins, poluição, retrocesso em Curitiba, concessionárias, PMC, URBS, desrespeito ao passageiro, serviço essencial inadequado,



Def News_Congresso fomenta a relação da saúde com a inovação em São Paulo_ Boletim 295

Def News_Congresso fomenta a relação da saúde com a inovação em São Paulo_ Boletim 295


Entrada
x

Info SEDPCD por  sp.gov.br 

12:20 (Há 20 horas)
para Cco:mim

Def News Boletim Informativo da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo – nº 295


Congresso fomenta a relação da saúde com a inovação em São Paulo
6° CIMES contou com a presença da Dra. Linamara Rizzo Battistella, médica fisiatra, que destacou a tecnologia no ambiente hospitalar        

Matéria do mês - AGOSTO 2017 - Caravana da Inclusão: Acessibilidade e cidadania no interior paulista 
Há oito anos, a Caravana reúne gestores regionais e população em torno de temas sobre o segmento das pessoas com deficiência. Em agosto, a Caravana é recebida por Cruzeiro e Ipaussu


Governo do Estado de São Paulo assina 177 convênios e entrega equipamentos de acessibilidade para 62 bibliotecas
O governador Geraldo Alckmin anunciou repasse de R$ 33 milhões para 177 convênios voltados a atender as necessidades regionais de 146 municípios paulistas.

Exposição com acervo do Museu do Ipiranga é inaugurada no Memorial da Inclusão
A mostra fica no Memorial até 30 de setembro


Curso de Capacitação para organizações da sociedade civil inicia segunda turma em São Paulo
Curso do Instituto GESC visa apoiar as instituições em sua busca por uma maior eficácia na gestão, condição básica para o seu desenvolvimento


Setembro Verde é lançado em 31 de agosto na Assembleia Legislativa de São Paulo
Evento busca destacar a inclusão das pessoas com deficiência durante todo o mês de setembro   
 

Leia também

CONSELHO MUNICIPAL DE BEBEDOURO REALIZA SEMANA DE PREVENÇÃO ÀS DEFICIÊNCIAS 
CONFIRA EDITAL DA VIRADA INCLUSIVA PARA APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS

CONCURSO MODA INCLUSIVA 2017 DIVULGA LISTA DE SELECIONADOS

CENTRO DE TECNOLOGIA E INCLUSÃO TEM CURSOS GRATUITOS PARA PESSOAS COM E SEM DEFICIÊNCIA

Curta e compartilhe @inclusãoSP 
Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Governo do Estado de São Paulo
Facebook e Twitter: @InclusãoSP

www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Precisamos de um padrão internacional, lógico, inovador de escrita e comunicação visual





LÍNGUA & LINGUAGEM de Fatima Andreia Tamanini


Nationalencyklopedin[editar | editar código-fonte]

A tabela a seguir contém a estimativa das 100 línguas mais faladas por número de falantes nativos da edição de 2007 da Nationalencyklopedin. Como os métodos de censo em diferentes países variam de forma considerável, e alguns países não registram línguas em seus censos, qualquer lista de idiomas por falantes nativos ou falantes totais é baseada em estimativas. Estimativas atualizadas de 2010 também são fornecidas nesta tabela.[1]
As onze maiores línguas têm valores adicionais da edição da Nationalencyklopedin de 2010.

Maiores línguas por população pela Nationalencyklopedin
PosiçãoLínguaFalantes
nativos
(em milhões)
2007 (2010)
Fração da
população
mundial
(2007)
1Mandarim935 (955)14,1%
2Espanhol390 (405)5,85%
3Inglês365 (360)5,52%
4Hindi[nota 1]295 (310)4,46%
5Árabe280 (295)4,23%
6Português205 (215)3,08%
7Bengali200 (205)3,05%
8Russo160 (155)2,42%
9Japonês125 (125)1,92%
10Panjabi95 (100)1,44%
11Alemão92 (89)1,39%
12Javanês821,25%
13Wu (Xangainês)801,20%
14Malaio771,16%
15Telugo761,15%
16Vietnamita761,14%
17Coreano761,14%
18Francês751,12%
19Marati731,10%
20Tâmil701,06%
21Urdu660,99%
22Turco630,95%
23Italiano590,90%
24Yue (Cantonês)590,89%
25Tailandês560,85%
26Guzerate490,74%
27Jin480,72%
28Min Nan470,71%
29Persa450,68%
30Polonês (Polaco)400,61%
31Pastó390,58%
32Canarês380,58%
33Xiang380,58%
34Malaiala380,57%
35Sundanês380,57%
36Haúça340,52%
37Oriá330,50%
38Birmanês330,50%
39Hakka310,46%
40Ucraniano300,46%
41Bhojpuri29[nota 2]0,43%
42Tagalo280,42%
43Iorubá280,42%
44Maithili27[nota 2]0,41%
45Usbeque260,39%
46Sindi260,39%
47Amárica250,37%
48Fulani240,37%
49Romeno240,37%
50Oromo240,36%
51Igbo240,36%
52Azeri230,34%
53Awadhi22[nota 2]0,33%
54Gan220,33%
55Cebuano210,32%
56Neerlandês210,32%
57Curdo210,31%
58Serbo-croata190,28%
59Malgaxe180,28%
60Seraiki17[nota 3]0,26%
61Nepalês170,25%
62Cingalês160,25%
63Chatgaya160,24%
64Zhuang160,24%
65Khmer160,24%
66Turcomano160,24%
67Assamês150,23%
68Madurês150,23%
69Somali150,22%
70Marvari14[nota 2]0,21%
71Magahi14[nota 2]0,21%
72Hariani14[nota 2]0,21%
73Húngaro130,19%
74Chhattisgarhi12[nota 2]0,19%
75Grego120,18%
76Cinianja120,17%
77Deccani110,17%
78Akan110,17%
79Cazaque110,17%
80Min Bei10,90,16%
81Sylheti10,70,16%
82Zulu10,40,16%
83Tcheco (Checo)100,15%
84Quiniaruanda9,80,15%
85Dhundhari9,6[nota 2]0,15%
86Crioulo haitiano9,60,15%
87Min Dong9,50,14%
88Ilocano9,10,14%
89Quíchua8,90,13%
90Kirundi8,80,13%
91Sueco8,70,13%
92Hmong8,40,13%
93Chona8,30,13%
94Uigur8,20,12%
95Hiligaynon8,20,12%
96More7,60,11%
97Xhosa7,60,11%
98Bielorrusso7,6[nota 4]0,11%
99Balúchi7,60,11%
100Concani7,40,11%
Total5.61085%

Dra. Vanessa Maria Dabul e soluções para baixa visão - pesquisas em Harvard

domingo, 20 de agosto de 2017

Discussão da Reunião 18/08/2017: I SEMINÁRIO DE PESSOAS IDOSAS: NOSSO FUTURO

Prezados CCLL e CCaLL, 

Seguem as anotações de nossa reunião:

 Aos dezoito dias de Agosto do ano de dois mil e dezessete, das 14H30 às 18H, foi realizada a reunião da Comissão de Acessibilidade do Lions Clube Curitiba Batel - LCCB, referente o evento de Pessoa Idosa, na sala de reunião do prédio Champagnat Office, sito à Rua Padre Anchieta, 2540 - 4.andar, Curitiba - PR. Estavam presentes os CCLL João Carlos Cascaes, João Dario de Oliveira, Tosihiro Ida e M.Lucia Miyake Okumura.
Os tópicos abordados na reunião são relacionados a seguir:

1. O evento de Pessoa Idosa será coordenada e realizada pelo Lions Clube Curitiba Batel - LCCB. O evento será realizada nos dias 27 e 28/10/2017 no auditório do Instituto de Engenharia do Paraná - IEP. 

2. A CaL Leomar Marchesini solicitou o afastamento e desligamento do LCCB, assim, o cargo de coordenação da Comissão de Acessibilidade do LCCB fica em aberto e a disposição para o associado convidado que queira assumir. O "CL" Ricardo Mesquita e CaL Fernanda Bruni também solicitaram o afastamento e desligamento do LCCB.

3. O Título do evento foi alterado para: I SEMINÁRIO DE PESSOAS IDOSAS: NOSSO FUTURO.

4.  O CL Tosihiro comunicou que levou pessoalmente uma carta para Sr. Sérgio Maeoka, presidente de Farmácias e Drogaria Nissei, no dia 17/08/17 para solicitar patrocínio de 3 coffees breaks e um banner que cubra a parede ao fundo do palco do IEP. Estamos no aguardo do retorno.

5. Solicitar ao CL Carlos Eugênio para elaborar/alterar o logo do evento e o banner.

6. Solicitar uma barraca para Prefeitura para distribuir folder no Centro na semana da pessoa idosa (próximo do dia 1/10/2017).

7. O CL Cascaes conseguiu agendar para o dia 30/08 - 9:30 uma visita na Fundação Copel com a Diretora de Administração e Seguridade, Cláudia Cristina Cardoso de Lima para solicitar apoio e parceria para o evento. O CL Tosihiro prontificou em redigir uma carta utilizando o texto do CL Cascaes "Causas e efeitos do envelhecimento", listado abaixo. (infelizmente não encontrei ou não recebi o texto escrito pela profa.Leomar). Ficou combinado que a equipe de visita será formada dos CCLL: Cascaes, Tosihiro, Cláudio e João Dario. 

8. A programação do evento será reestruturado, sendo os palestrantes confirmados: 
     - Dr. Ivo Simas Moreira (tema: família, centro-dia e casa para pessoa idosa;
     - Dr. João Vargas de Oliveira Neto (tema: qualidade de vida);
     - Dr. Evanius Garcia Wiermann (tema: oncologia clínica e pessoa idosa);
     - Psicólogas Gabriela Siqueira do Hospital de Idoso e Iris Miyake Okumura de onco-hematologia do HC (tema: Qualidade de vida, depressão e suicídio);
     - Dr. Prosdócimo (odontologia) ---> falta o nome completo e contato.

9. Foi mencionado para convidar os palestrantes da Fundação Copel e o Presidente do IPUC.

10. Foi mencionado para convidar os cantores seresteiros do IEP.

Outros assuntos: 
- CL Tosihiro estará viajando nos dias 24 a 27/08;
- CL João Dario comunicou a possibilidade do Lions Sustentabilidade fazer a Assembléia Festiva junto com LCCB.



Textos para I Seminário de Pessoas Idosas: Nosso Futuro
Causas e efeitos do envelhecimento
p/ João Carlos Cascaes

A pessoa idosa, a qualidade técnica 
O envelhecimento é a fase da vida em que vamos sentindo na pele o que significa qualidade técnica.
No Brasil estamos muitas décadas atrasados em relação a países mais desenvolvidos (nem todos,) em questões que nos afetam substancialmente e até levam a dependências inimagináveis após acidentes, incidentes assustadores e a necessidade de apoio que seria dispensável se as cidades e seus componentes oferecessem segurança, acessibilidade, produtos com design apropriado, calçadas bem feitas e capazes de resistir a testes padrões, especificações de produtos criados para dar autonomia, educação de todos e muito mais  exista?
Com certeza temos repartições públicas, escolas técnicas e universitárias e alguns laboratórios dedicados a criar certificados e aplicar métodos de avaliação de produtos em quantidade e confiabilidade suficientes.
Ao  envelhecer, tenha-se a vaidade que for, passamos a sentir os efeitos de acidentes e doenças antigas. As sequelas vão aparecendo eventualmente sem que sejam percebidas.
Precisamos valorizar aquilo que não enxergamos e afeta a nossa vida em tempo e momentos de lucidez, mais ainda quando ocupamos cargos que viabilizam ações positivas.
O que é mais do que evidente no Brasil é a má qualidade de eletrodomésticos até de fabricantes famosos mal e porcamente criados, produzidos. Com os rendimentos de uma aposentadoria, quando existe, ficamos dependendo de prestadores de serviços para trocar uma lâmpada que deveria durar milhares de horas, arrumar a casa, usar elevadores que, apesar de manutenções frequentes dão defeitos demais, corrigir o imóvel em que vivemos porque não foi construído com o respeito necessário a pessoas que poderão depender de macas e cadeiras de rodas etc.
É vergonhoso e oneroso depender de ser viços que realizávamos sem problemas há poucos anos.
A Comissão do Lions Clube de Curitiba Batel deverá realizar um seminário para discussão dessas questões também, o I SEMINÁRIO DA PESSO IDOSA: NOSSO FUTURO. Com apoio do IEP e outras entidades deveremos colocar em pauta, no mínimo para registro de questões delicadas que demandam ações de governantes, empresários, repartições públicas, Fundações, INSS, SUS, ONGs, ABNT, etc.
O escopo do Pi21 é ambicioso, mas necessário e até de aplicação urgente, sempre lembrando que em 2018 teremos eleições, uma boa oportunidade de muitas mudanças positivas.
Precisamos de mais atenção para as crianças, pessoas com deficiência(s) e idosas, um contingente que deverá crescer se os serviços de saúde e outros melhorarem. Sempre é bombar que status e riqueza podemos perder, mas a qualidade de vida nas cidades e residências  deve ser valorizadas e aprimoradas sempre.

João Carlos Cascaes
Curitiba, 24 de julho de 2017

Sugestão de Logo

CL Carlos Eugênio